Logo AME-SP
 
 
Ícone de Telefone

(11) 2360 8900

Ícone de E-mail
ame@ame-sp.org.br
Ícone do Facebook Ícone do Youtube Ícone do Instagram Ícone do Twitter  
 

Serviços Clínicos


Serviço Social


A abordagem do Serviço Social no CDH – AME, tem um enfoque sistêmico.

Busca no contato inicial com os pais a compreensão das relações familiares a partir da queixa que os mobiliza na busca do atendimento.

Realiza anamnese e participa das reuniões interdisciplinares.

  • Acompanha os casos que estão em atendimento, participando de orientações específicas aos familiares no decorrer de todo processo.
  •  
  • Atenção às pessoas da comunidade que buscam orientações diversas.
Psicologia


A agitação, o estresse e as exigências da vida diária concorrem em grande parte na desordem dos afetos, levando o individuo a buscar saídas, nem sempre saudáveis, que possam amenizar ou evitar o desconforto emocional.

O atendimento psicológico é indicado nas dificuldades emocionais que causam sofrimento, impedindo o desenvolvimento pessoal e interferindo nas relações interpessoais.

A Psicologia realiza avaliação, contribuindo na elaboração de um diagnóstico diferencial, dentro de uma equipe interdisciplinar. Atende crianças, adolescentes e adultos em sessões individuais. Realiza orientação à família e, sempre que necessário, à escola.

Oferece serviços de: 

  • • Psicodiagnóstico

    • Psicoterapia individual
     
  • • Terapia de casal
     
  • • Orientação familiar
     

É indicada para diferentes tipos de problemas e dificuldades:
 

• Distúrbio de comportamento

• Dificuldades de relacionamento (interpessoal, familiar, conjugal)

• Ansiedade

• Depressão

• Estresse

• Autoestima

• Transtorno de humor

• Transtorno alimentares

• Pânico

• Fobias

• Luto e perdas

Neuropsicologia

A neuropsicologia é a ciência que estuda a relação entre o comportamento humano e o funcionamento do cérebro.

A Avaliação Neuropsicológica consiste em uma investigação detalhada das diferentes funções mentais, entre elas: concentração, memória visual, memória verbal, capacidade de cálculo, planejamento, capacidade de abstração, habilidades viso-motoras, funções de linguagem e inteligência. Através do uso de instrumentos (testes, baterias, escalas) padronizados, avalia essas funções cognitivas, com o objetivo do diagnóstico, visando auxiliar no planejamento da reabilitação

A avaliação pode ser indicada em casos de Traumatismo Crânio Encefálico (TCE), decorrente de acidentes, Acidente Vascular Cerebral (AVC), Doenças Degenerativas (Doença de Alzheimer, Doença de Parkinson, Esclerose, etc.), Distúrbios da memória e atenção, Distúrbios do desenvolvimento e da aprendizagem.

Sua atuação, portanto, é voltada para a avaliação e reabilitação de pessoas que apresentem alguma alteração cognitiva e/ou comportamental, associada às diversas patologias que afetam o sistema nervoso central. Aplica-se em crianças, adultos e idosos.

Em todos estes casos a avaliação neuropsicológica poderá indicar um perfil de todas as funções mentais comprometidas ou não, e apontar a eventual necessidade de um programa de reabilitação.

Fonoaudiologia

Atua na prevenção, diagnóstico, orientação e tratamento da comunicação oral e escrita, audição, voz e motricidade oral.

Comunicação oral: atraso ou distúrbio no desenvolvimento da linguagem, troca, omissões e distorções de letras na fala, disfluência (gagueira), implantação de sistema de comunicação alternativa nos casos em que não é possível desenvolver oralidade.

Leitura e escrita: alterações relacionadas ao processo de aprendizagem da leitura e escrita, como dificuldades na fluência, velocidade e compreensão de leitura e erros na escrita.

Audição: prevenção e detecção de perdas auditivas, ou alterações do processamento central, que podem dificultar o desenvolvimento da comunicação.

Voz e fluência verbal: prevenção de problemas como rouquidão, alterações na qualidade vocal, fluência verbal, bem como aprimoramento desses aspectos.

Motricidade oral: nesta especialidade a terapia tem como objetivo habilitar, ou reabilitar funções relacionadas à respiração, sucção, mastigação, deglutição, expressão facial e articulação da fala, propiciando melhor condição da fala, alimentação e respiração. O trabalho em parceria com o ortodontista, na correção da arcada dentária, é importante para a otimização do resultado.

Estimulação Precoce: auxilia o desenvolvimento da compreensão, através da exploração de objetos e contextos comunicativos. Desenvolve a musculatura orofacial, visando o desenvolvimento articulatório e adequação das funções de alimentação e respiração. Somando-se compreensão, interação e articulação, surge a capacidade da fala.

O atendimento é para todas as idades, desde o recém-nascido. As sessões são individuais, ou em grupo, quando há indicação.

Psicopedagogia

A identificação das causas dos problemas de aprendizagem requer uma intervenção especializada.

Muito embora o aprender seja um processo natural, resulta de uma complexa atividade mental, no qual estão envolvidos processos de pensamento, percepção, emoções, memória, motricidade, mediação, etc.

O psicopedagogo é o profissional preparado para o diagnóstico e o tratamento dos problemas de aprendizagem.

Através do diagnóstico, identifica as causas da problemática e elabora um plano de trabalho terapêutico, individual, orienta a família e estabelece parceria com a escola, visando à progressiva resolução do problema que se apresenta.

Atua com ênfase nas:

• Dificuldades e distúrbios de aprendizagem que comprometam o desempenho escolar: motivação em relação à aprendizagem, leitura e escrita (elaboração de textos, ortografia), e raciocínio lógico;

• Desenvolvimento e estimulação das habilidades cognitivas;

• Ampliação do universo lúdico e criativo, redescobrindo o prazer em aprender;

• Lentidão no processo de aprendizagem, decorrente de deficiência intelectual.
 

Please update your Flash Player to view content.
Terapia Ocupacional


A Terapia Ocupacional tem como objetivo a máxima independência funcional. Faz uso de recursos terapêuticos específicos, visando à reabilitação e maior grau de independência do indivíduo nas tarefas de vida diária, tais como: alimentação, vestiário, higiene, lazer e trabalho.

Atua na estimulação precoce com crianças com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, orientando posicionamento e o brincar adequado a cada fase do desenvolvimento, funcionalidade e interação com os objetos. Com  adultos e idosos que tenha demanda na sua rotina, principalmente casos neurológicos (paralisia cerebral, AVC, TCE, etc.), e alterações psiquiátricas. O atendimento é individualizado, ou em grupo, quando há indicação.

Avalia, prescreve, quando necessário, e acompanha o uso de tecnologia assistiva como adaptações de dispositivos, mobiliários e cadeira de rodas, e ambientais.

Please update your Flash Player to view content.

Fisioterapia Neurológica

Objetiva tratar distúrbios neurológicos que envolvam ou não disfunções motoras.

Atua com foco na recuperação de funções, entre elas a coordenação motora, a força e o equilíbrio, assim como melhorar e/ ou manter a capacidade funcional , promovendo maior independência do indivíduo.

Trabalha com bebês,  orientando a família sobre a estimulação e ganho das etapas motoras (rolar, sentar, engatinhar, etc.), procurando desenvolver desde o nascimento as  capacidades do indivíduo.

Também atende adultos e idosos. As sessões são individuais.

Please update your Flash Player to view content.
Estimulação Precoce

O CDH tem como proposta clínica a interdisciplinaridade, realizando discussões programadas para todos os casos, o que facilita o processo de reflexão do trabalho realizado pela equipe.

Essa forma de atuação em relação a um grupo tão específico quanto o das famílias com bebês com algum distúrbio e/ ou atraso no seu desenvolvimento, leva a equipe estar sempre atenta buscando aprofundar discussões e embasamento teórico comum às áreas de atuação.

Nessa reflexão e discussão sempre presentes na prática, entendemos como fundamental não só a avaliação deste bebê, mas também o acolhimento aos pais.

Sabemos que nos primeiros anos de vida os aspectos instrumentais e estruturais caminham e se constituem juntos, por isso a tarefa do terapeuta (seja ele da área instrumental ou estrutural) não visa a separação dessa conjunção, mas um entendimento mais amplo da constituição do bebê.

Se considerarmos que toda a criança ocupa um lugar no imaginário parental mesmo antes de seu nascimento, já iremos incluir no tratamento clínico, no mínimo, três sujeitos (criança, mãe e pai).

Nesse sentido, existe uma complexidade no trabalho com bebês e crianças pequenas que não pode estar voltado apenas para o diagnóstico orgânico.

Até o primeiro ano de vida, o bebê ainda não tem capacidade de se perceber diferente do outro, dotado de uma unidade e, consequentemente, a presença de muitos terapeutas não favorece a sua constituição psíquica.

Assim, visando evitar a manipulação excessiva dos bebês neste período de vinculação essencial mãe-bebê no qual a família ainda encontra-se em um momento de instabilidade emocional diante da notícia da deficiência ou atraso no desenvolvimento apresentado, realizamos a avaliação deste bebê utilizando o conceito de profissional de referência.

A avaliação é discutida na equipe, visando integrar o conhecimento das diferentes áreas nos diversos aspectos do desenvolvimento neuropsicomotor.

Algumas crianças, para que possam atingir determinadas fases do desenvolvimento, precisam ser estimuladas.

A estimulação tem o papel de desenvolver suas capacidades desde o nascimento.

As áreas envolvidas na estimulação precoce são a fonoaudiologia, fisioterapia e a terapia ocupacional.

Estando sempre atentos na necessidade do olhar da psicologia, no acolhimento a família.

A estimulação precoce visa o desenvolvimento global da criança, respeitando seu ritmo e valorizando cada conquista.

Please update your Flash Player to view content.
RPG - Reeducação Postural Global

O atendimento é para pessoas com alterações posturais e dores.

Tem como objetivo a adequação postural ou redução da dor por meio de ação terapêutica nas cadeias musculares

As situações de stress podem provocar tensão muscular, refletida em dores nas costas e ombros.

Também pessoas que passam muitas horas sentadas ou diante do computador podem adquirir má postura, dor muscular, dor no corpo, indisposição e fadiga.

O atendimento, além de tratar a dor, atua na causa, aliviando a fadiga corporal e melhorando a disposição geral, tratando os sintomas. 

Neuropediatria

Atua como parte da equipe interdisciplinar, realizando:

•  Investigação diagnóstica no processo de avaliação na Clínica e acompanhamento médico quando indicado;

• Supervisão do Programa de Acompanhamento do desenvolvimento infantil;

• Acompanhamento evolutivo de crianças com risco de atraso no desenvolvimento.
 
 
Please update your Flash Player to view content.

Destaques AME

Estudo Comparado da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência

Estudo Comparado da Lei...

Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo publicou o livro...
+ saiba mais...
AME RECEBE SELO DE ÉTICA PROBARE PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO

AME RECEBE SELO DE ÉTICA PROBARE...

AME RECEBE PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO O SELO DE ÉTICA PROBARE (PROGRAMA BRASILEIRO DE...
+ saiba mais...
GOVERNO LANÇA CENTRAL DE LIBRAS COM TECNOLOGIA ICOM

GOVERNO LANÇA CENTRAL DE LIBRAS...

O Governo do Estado de São Paulo lançou o primeiro posto da Central de Libras, nesta...
+ saiba mais...
 
Home
Quem Somos
Associado
Vagas / Profissionais
Cadastro de Currículos
Área exclusiva para funcionários
QUIOSQUE
Serviço / Projeto
Recrutamento e Seleção
Sensibilização
Como contratar pessoas com deficiência
Serviços Terceirizados
Intérprete de Libras
 
Clínica
Nossa localização
Sede
Rua Serra de Botucatu, 1.197 - Tatuapé
CEP 03317-001 - São Paulo - SP

Clínica
Rua Dr. Miguel Viêira Ferreira, 69 - Tatuapé
CEP 03071-080 - São Paulo - SP
Redes Sociais
Acompanhe a AME:
Atendimento
Para mais informações:
(11) 2360 8900
ame@ame-sp.org.br
 
Divulgações
Divulgue a sua marca em
nosso site!

Entre em contato para
mais informações!

 
18.06.2019