Universidades de SP têm apenas 0,4% de alunos com deficiência

19/03/2021

Segundo a Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência, atualizada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD), os estudantes com deficiência correspondem hoje a apenas 0,47% dos alunos matriculados em universidades públicas e privadas de São Paulo –ou seja, entre as 3.336.004 pessoas que cursam o ensino superior em municípios paulistas, somente 15.615 têm deficiências. O maior percentual de PcD (2,73%) está em Cubatão, na Baixada Santista, enquanto na capital esse índice cai para 0,53%.

Os dados abrangem as universidades instaladas em 135 municípios e reúnem números consolidados até 2019. Entre os alunos dessas instituições, o tipo de deficiência mais comum é a física (37,39%), e a menos frequente, o autismo (1,28%). A Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência reúne informações em um sistema de business intelligence, onde são organizados por diferentes áreas, como educação, saúde e emprego, e utilizados como instrumento para a indução de políticas públicas e construção de novas ações inclusivas. Leia mais aqui.

Quer saber mais sobre o assunto?

Se você também sonha com um mundo sem barreiras, quer saber mais do que falamos ou conhecer o nosso trabalho ou implementar nossas tecnologias em sua empresa ou condomínio, mande uma mensagem.

Últimos posts

Skip to content
Close Bitnami banner
Bitnami