Terceirização

Terceirização

A AME, na condição de organização sem fins lucrativos com atuação exclusiva na inclusão social das pessoas com deficiência, se beneficia do artigo 24 da Lei 8.666, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos no âmbito dos poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

De acordo com o inciso XX do artigo 24: 

“É dispensável a Licitação na contratação de associação de portadores de deficiência física, sem fins lucrativos e de comprovada idoneidade, por órgãos ou entidades da Administração Pública, para a prestação de serviços ou fornecimento de mão de obra, desde que o preço contratado seja compatível com o praticado no mercado (Incluído pela Lei nº 8.883, de 1994)”.

Terceirização pela AME

Com a ajuda da AME, sua empresa pode terceirizar alguns serviços, oferecendo oportunidade de trabalho e inclusão social para pessoas com deficiência. Oferecemos uma série de opções com custos competitivos e qualidade profissional comprovada. 

Para saber como funciona essa prestação de serviços e solicitar uma proposta, entre em contato conosco.

Sensibilização

Sensibilização

Sabemos que o contato com a deficiência pode, eventualmente, despertar sentimentos e reações que afetam o relacionamento entre os diferentes públicos de uma organização. Para tornar o processo de inclusão mais simples e natural, a AME desenvolveu técnicas de sensibilização que preparam as empresas e seus colaboradores para acolher os novos colegas.  

O trabalho precede o ingresso do funcionário com deficiência na empresa e é dirigido às lideranças e aos demais profissionais. Por meio de palestras, vivências e dinâmicas, proporcionamos um aprendizado empático e humano, garantindo a correta compreensão acerca das características e particularidades dos diferentes tipos de deficiência.

O processo de sensibilização também busca estimular os participantes a expressar seus sentimentos, perceber os conceitos e crenças geralmente associados às deficiências e possibilitar a revisão de atitudes perante esses profissionais.

Principais objetivos da sensibilização:

  • Desmistificar a deficiência
  • Trabalhar conteúdos eventualmente equivocados
  • Explorar as crenças, mitos e preconceitos
  • Trabalhar resistências
  • Criar uma expectativa positiva no grupo

Para saber como podemos auxiliá-lo nesse processo, entre em contato conosco.

Atendendo o colaborador com deficiência

Atendendo o colaborador com deficiência

Atendendo o colaborador com deficiência

Dados do mercado indicam que as empresas que contam com quadros mais diversos de funcionários têm um ambiente de trabalho mais produtivo e apresentam melhores resultados financeiros. Para criar, implementar e manter um programa consistente de inclusão, é necessário capacitar não apenas a área de Recursos Humanos, mas toda a organização. Além do capital humano, é preciso proporcionar ainda ambientes e processos verdadeiramente acessíveis e inclusivos.

Após o recrutamento da pessoa com deficiência, as empresas devem estar preparadas para fazer a gestão desses profissionais e garantir sua retenção, investindo em sua formação e desenvolvimento, e garantindo as condições necessárias para que isso ocorra. 

A AME, com suas três décadas de experiência em processos de inclusão de funcionários com deficiência, é uma das referências brasileiras no assunto. Temos programas de assessoramento para todos os tipos e tamanhos de organização, independente do segmento de atuação. O trabalho de inclusão é contínuo, dinâmico e está sempre em evolução. 

Abaixo trazemos algumas dicas para sua empresa iniciar um processo bem-sucedido de inclusão. Estamos prontos para apoiá-lo em todas as etapas dessa jornada.

  • Verifique o número mínimo de colaboradores com deficiência que sua empresa precisa ou pretende contratar
  • Defina as responsabilidades e os papéis de cada equipe e departamento nas etapas do processo de inclusão
  • Concentre-se nas competências e potenciais dos candidatos com deficiência e não em suas dificuldades e limitações
  • Reflita e aja para remover as possíveis barreiras (físicas ou não) que poderiam dificultar a inclusão e a acessibilidade
  • Ofereça equipamentos e ambientes acessíveis, realizando todas as adaptações nas instalações e nos postos de trabalho, sempre que necessário
  • Providencie tecnologias de assistência, quando necessário
  • Prepare e capacite todas as equipes que terão contato com esses profissionais
  • Incentive a participação de todos os colaboradores nas ações inclusivas
  • Invista em qualificação profissional
Skip to content
Close Bitnami banner
Bitnami